Notícias

20

dez

20 de Dezembro – São Domingos de Silos – sacerdote

Os santos da Igreja de Cristo foram verdadeiros luzeiros para o mundo, pois levaram com sua vida e palavras a Luz do Mundo que é Jesus Cristo. São Domingos nasceu em Cañas, vila da província de Navarra (Espanha), isto no ano 1000, dentro de uma humilde família cristã.

Quando o pai do pastorinho de ovelhas Domingos enxergou a inclinação do filho para os estudos religiosos, tratou logo de encaminhar Domingos para a formação que o levou – por vocação – ao Sacerdócio. Ordenado Sacerdote, passou mais de um ano na família e depois viveu dezoito meses na solidão. Com o passar do tempo entrou para a família beneditina, ingressando no mosteiro de Santo Emiliano, onde logo foi feito mestre dos noviços pelo abade do mosteiro. Em seguida, foi encarregado de restaurar o priorado de Santa Maria de Cañas. Após isso, foi feito prior do mosteiro de Santo Emiliano. Um dia, o príncipe de Navarra, sem dinheiro para as suas guerras, veio ao mosteiro exigir uma contribuição exorbitante. Os monges estavam dispostos a ceder, mas o prior deu uma recusa humilde e categórica. Fugindo da vingança do príncipe, Domingos exilou-se em Burgos onde Fernando Magno, rei de Castela e Aragão, recebeu o fugitivo em seu palácio. São Domingos retirou-se, todavia, para um eremitério fora da cidade. O rei pensou então no mosteiro de São Sebastião de Silos, quase abandonado, e deu-o ao recém-chegado, a 14 de janeiro de 1041.

Na Ordem de São Bento, São Domingos de Silos descobriu seu chamado a uma contemplação profunda e ações que salvassem almas, sendo assim recebeu de um anjo em sonho a promessa de 3 coroas que significavam: uma por ter abandonado o mundo mal e se ter encaminhado para a vida perfeita; outra por ter construído Santa Maria de Cañas e ter observado castidade perfeita; e a terceira pela restauração de Silos. De fato, esta última coroa se realizou perfeitamente, pois durante os 30 anos de pai (abade) no mosteiro de São Sebastião em Silos, este local tornou-se centro de cultura e cenáculo de evangelização para a Igreja e o Mundo. O abade de Silos faleceu a 20 de dezembro de 1073, entre os seus numerosos filhos espirituais e assistido pelo Bispo de Burgos. Foi sepultado no claustro.

São Domingos amado pelo povo e respeitado por reis e rainhas, operou em vida e também depois da morte muitos milagres, os quais provaram com clareza o quanto se encontra no Céu tão íntimo, quanto buscava ser aqui na terra. Em 1076, o Bispo de Burgos transferiu o corpo de São Domingos para a igreja de São Sebastião. E a abadia foi perdendo pouco a pouco o nome de São Sebastião para adotar o de São Domingos.

São Domingos de Silos, rogai por nós!

 

17

jul

17 de Julho – Bem-aventurado Inácio de Azevedo e companheiros mártires

Inácio e seus companheiros foram assassinados por serem católicos e missionários
13

jul

13 de Julho – Santo Henrique e Santa Cunegundes

Henrique e Cunegundes viveram uma perfeita harmonia de afetos, projetos e ideais de santidade
18

jun

18 de Junho – São Gregório Barbarigo, um homem de oração

Era um homem de grandes atividades, porque tinha grande intimidade com o Senhor
13

jun

13 de Junho – Santo Antônio, doutor da Igreja

Santo Antônio levou uma vida itinerante na santa pobreza
12

jun

12 de Junho – São Gaspar de Búfalo, anjo da paz

São Gaspar era chamado pelo povo de “anjo da paz”
25

maio

25 de Maio – Santa Maria Madalena de Pazzi, entrou para a Ordem Carmelita

Santa Maria Madalena de Pazzi, abandonou tudo, os bens e projetos para consagrar-se totalmente a Deus
18

maio

18 de Maio – São João I – eleito o sucessor de Pedro

São João I, viveu uma vida de oração, oferecendo e sempre buscando ser dócil à vontade de Deus
17

maio

17 de Maio – São Pascoal Bailão, mártir da obediência

São Pascoal Bailão, conhecido por suas obras e sua paixão por Jesus Sacramentado