Blog

7

maio

teste

Padre Rafael Fabiano, nascido no dia 05 de Agosto de 1982, na Maternidade Dr. João Peres”, às 09h35min, em Vargem Grande do Sul, na pérola da Mantiqueira. Filho de Marcia Aparecida Fabiano e sem registro do nome paterno, irmão gêmeo de Félix Fabiano. Na infância foi criado pelos avos maternos Moacyr Fabiano, Margarida d’Assumpção Fabiano e por sua tia Mara Aparecida Fabiano. Sua origem é simples, seu avo era taxista, sua avó do lar e sua tia secretária. Sempre com muito amor. A iniciação cristã se deu pelo catequista Fábio Tugeira Camareli, os encontros eram realizados no centro pastoral são Benedito. Foi batizado (no dia 03/10/1982) e recebe a primeira comunhão (no dia 22.05.1994) pelas mãos de Monsenhor Décio Ravagnani e Crismado (no dia 22.11.1994) por dom Dadeus Grings na Igreja Matriz de Sant’Ana. Estudou nas escolas “Benjamin Bastos” até a oitava série do ensino fundamental no período da manhã, posteriormente, passou a estudar na escola “Alexandre Fleming”, até o término do ensino médio no período noturno. Desde tenra idade, participou da vida da igreja como coroinha. E, foi nesta expressão eclesial que manifestou o desejo de ser padre. A participação na vida litúrgica, a inspiração de padres como Monsenhor Décio Ravagnani e Dom Luiz Cipolini motivaram e sedimentaram sua vocação. Entrou no propedêutico em 2000 na cidade de Caconde, quando era reitor o padre Luiz Carlos Dias, hoje bispo auxiliar de São Paulo. Fez um ano de Filosofia na cidade de Casa Branca, sendo reitor o padre João Candido Neto. Terminou a filosofia em São João da Boa Vista, sendo reitor o padre Durval Colla. A teologia foi cursada na Pontifícia Universidade Católica de Campinas, sendo residente no seminário em Mogi Guaçu. Fez estágios pastorais na paróquia são Pedro pescador em Mogi Guacu, sendo pároco padre Robson Mauro Lourenço; São Francisco de Assis em Espirito Santo do Pinhal, sendo pároco padre João Luiz Majarro. Sempre trabalhando com as pastorais ligadas à liturgia. Foi admitido as ordens sacras na Igreja do Rosário em Mogi Guaçu por Dom David Dias Pimentel. O diaconato (no dia 18 de dezembro de 2009) e presbiterato (no dia 24 de junho de 2010) foram celebrados na igreja catedral de São João da Boa Vista por Dom David Dias Pimentel. Um fato interessante foi a ordenação presbiteral coincidir no mesmo ano do jubileu de ouro da diocese. Ao termino da ordenação diaconal foi designado vigário paroquial do Senhor Bom Jesus de Aguaí, junto ao padre George Peter Jepsen, Msa. Ordenado padre continuou seus trabalhos em Aguaí até que em 18 de dezembro de 2011, quando padre George se tornou pároco emérito, assumiu como vigésimo quarto pároco, aonde se encontra até os dias atuais. Nesse tempo, dom David havia feito três pedidos: 1. Cuidar do padre George; 2. Reformar a Matriz; 3. Trazer jovens para igreja. “No dia 13 de novembro, às 17h10min, foi um dia daqueles que marcam a vida da gente pra sempre. Celebramos a Páscoa de nosso querido padre George Peter Jepsen. Agradeço a Deus por ter-me permitido conviver com Ele nesses onze anos. Ele cuidou de mim, foi um pai que nunca tive, partilhou momentos felizes e segurou na minha mão, acendeu a vela e ajudou-me a encontrar o caminho. Cuidei dele também. Morreu sereno porque sabia que era amado. Segurei na sua mão e o vi apagar como uma vela sobre o altar”. No dia 25 de dezembro de 2019, no mesmo dia do seu centenário de construção, foi entregue a restauração da Igreja matriz do Senhor Bom Jesus de Aguaí que é um convite para que se conheça e se reconheça a beleza da esposa do cordeiro “sempre preparada e enfeitada para o seu Esposo” (Ap.21,2).   Trazer jovens para a Igreja… Graças a Deus, a pastoral dos coroinhas tem sido um celeiro de vocações para nossa igreja. Os jovens estão aí, engajados na vida da comunidade. Serviu a diocese durante um ano como professor de Filosofia Política e também no ofício de mestre de cerimonias por longos anos. Nesse tempo tive a alegria de participar em inúmeras tomadas de posse, consagração religiosa, dedicação de igrejas, ordenações diaconais e presbiterais de diversos irmãos no ministério, missas diocesanas e de participar da organização da posse do novo bispo e ordenação de dom Luiz Antônio Cipolini e Dom Luiz Carlos Dias.
Tomou posse como o quarto Pároco da Igreja Matriz de Santo Antônio – Mogi Guaçu/SP no dia 10 de fevereiro de 2021.

Comente!

Categorias